Buscar
  • Pousada Caminho do Rei

AS CORES DAS BANDEIRAS INFORMAM AS CONDIÇÕES DO MAR

Atualizado: Jan 22


O que fazer ao chegar na praia, principalmente quando não conhecemos o local? primeiro se posicionar próximo aos salva vidas, em seguida verificar qual a cor da bandeira no mar para aproveitar a diversão de um banho seguro, e quando estamos na companhia de crianças esta segurança deve ser redobrada.


O litoral catarinense possui mais de 500 km de extensão, com belíssimas praias que atraem milhares de banhistas todos os anos. Entretanto, muitos se aventuram sem conhecer o mar e acabam entrando numa corrente de retorno, o que tem sido a maior causa de afogamentos.


O risco ao entrar no mar existe em qualquer condição, podendo estar calmo ou agitado, e por isso é sempre recomendável ter cuidado em não ultrapassar a água da altura da cintura e não se arriscar em locais profundos, evitando o risco de ser arrastado pela correnteza para o alto mar. O importante é ficar fora das áreas demarcadas com bandeiras vermelhas e seguir sempre as instruções dos salva vidas.


AS CORES DA BANDEIRA E O QUE REPRESENTAM

As bandeiras são posicionadas no mar para indicar o nível de segurança dos locais para o banho, orientando através das cores verde, amarelo, vermelho, roxo e preto.

  • A cor da bandeira VERDE informa que o local é tranquilo e que se pode nadar sem medo de correntes, sempre considerando os cuidados preventivos.

  • A cor da bandeira AMARELA significa atenção, que o local tem correntes marítimas mais fortes e é perigoso nadar ali.

  • A cor da bandeira VERMELHA alerta que o mar é perigoso e não é recomendado entrar na água naquele local.

  • A cor da bandeira ROXA informa que o mar tem presença de água-viva e não é recomendado entrar na água naquele local.

  • A cor da bandeira PRETA informa que o posto de salva-vidas está desativado e não é recomendado entrar na água naquele local.




IDENTIFICANDO AS CORRENTES DE RETORNO


É importante identificar os sinais do mar onde acontece o retorno das águas, que variam em tamanho, largura, profundidade, forma, velocidade e potência. Uma dica é chegar na praia e observar o mar com calma antes de entrar na água, fazendo uma leitura do movimento do mar.


OBSERVE:

  • local onde não quebram ondas devido ao retorno das águas e também não forma espuma.

  • Local onde a cor da água é marrom devido a agitação da areia do fundo do mar.

  • Local onde a água tem a tonalidade mais escura por ser profunda.

  • A água fria após a área de arrebentação, por causa do retorno das águas profundas.

  • Local onde ocorre a junção de ondas vindas em sentidos opostos.

  • Local onde os surfistas entram no mar sendo carregados pela corrente propositalmente para não precisar remar (vala).

  • Locais onde formam ondas do tipo buraco, nas marés baixas, alimentadas pelas águas de retorno.

VALA:

  • PESCOÇO DE VALA: Local em rebuliço da água em movimento, com pequenas ondulações na superfície da água.

  • CABEÇA DE VALA: Espuma na superfície além da arrebentação, onde a vala perde a sua força.

  • BOCA DE VALA: Local onde o mar invade sinuosamente uma faixa maior de areia devido ao maior volume de água.


No caso de ser pego por uma corrente é preciso ficar tranquilo e saber como escapar:

  • Primeiro é preciso manter a calma para conservar energia e não lutar contra a corrente.

  • Nade paralelo à beira-Mar e só nade em direção à margem quando perceber que saiu da corrente.

  • Se estiver esgotado e não consegue mais nadar, flutue com a corrente até que possa sair dela e nadar para a margem.

  • Tente chamar atenção mexendo os braços e se possível grite para que alguém possa ajudar.

No caso de uma ÁGUA-VIVA entrar em contato com a pele, ao primeiro sinal de desconforto ou ardência na pele saia imediatamente da água.

  • Esfrie o local com a própria água do mar e nunca use água da torneira para esfriar o local. A presença do cloro na água potencializa a queimadura.

  • Se for usar gelo no local, enrole-o em uma sacola plástica para não haver o contato direto com a pele.

  • Não tentar remover a água-viva, caso ela fique presa na pele. A remoção deve ser feita pelo guarda-vida na guarita da praia. A remoção de forma errada pode aumentar a queimadura.

  • Não mexa em nenhuma água-viva que estiver na areia, porque mesmo fora d'água, ainda pode haver possibilidade de queimadura.

  • Após os primeiros socorros, procure um médico – principalmente se a queimadura for em crianças. Nenhuma medida substitui o cuidado médico.

  • Borrife vinagre sobre a queimadura para aliviar os sintomas de ardência.


Use filtro solar, boné ou chapéu para se proteger do sol, beba muita água e aproveite o veraneio com diversão garantida para todos!


Vem que o verão está só começando!

Reservas:

Fone/whats: +55(48) 99841-7817

tel: +55(48) 3355-6062

18 visualizações
Pousada com vista para o mar

© Todos os Direitos Reservados.

           Rua Caminho do Rei | Praia do Rosa | Imbituba | Santa Catarina | Brasil

         +55 48 99841 7817 

         +55 48 3355 6062

         caminhodorei@caminhodorei.com.br

    

  • Pousada Caminho do Rei
  • Pousada Caminho do Rei
  • Pousada Caminho do Rei
wpp.png
arroba-symbol.png
place.png
Pousada Caminho o Rei The Most Beautiful Bays in the world
Pousada Caminho do Rei Instituto Australis

 PET FRIENDLY